Instalação de Pisos de Madeira

Instalação

[Instalação de Pisos de Madeira]

Como é feita a instalação

A instalação é feita na fase final da obra com o ambiente protegido com portas e janelas instaladas para proteção de incidência de sol e chuva, e também sem indícios de infiltrações pelo contrapiso ou pelas paredes. A pintura das paredes deve ser feita após a instalação do piso de madeira, protegendo o piso com papelão ondulado.

Após a instalação, existe um período de acomodação da madeira em torno de 15 dias, onde é comum uma pequena movimentação das peças, provocando abertura de frestas e desníveis, que podem ser corrigidas com calafetação.

Um perda em torno de 5 % a 15% de material ocorre devido a recortes nos cantos das paredes. A variação é de acordo com a forma de instalação e o tipo de piso de madeira. Nos assoalhos a perda é maior podendo chegar até a 15% dependendo da forma de instalação no sentido de colocação das tábuas. No listone, tacão, taco e lamparquet a perda é em torno de 5% a 10%. No parquet a perda é menor, em torno de 5%.

Métodos de instalação

Pregado ou Parafusado

São utilizados pregos ou parafusos para fixar a madeira em barrotes embutidos no contrapiso.

Para fixar as tábuas, são chumbados no contrapiso barrotes em forma de trapézio com intervalos de 30 a 40 centímetros, na posição perpendicular ao sentido de colocação das tábuas, bem alinhados e nivelados com os vãos preenchidos com argamassa.

Existem duas formas de colocação, com as tábuas pregadas ou parafusadas. Na forma pregada, as tábuas devem ficar bem prensadas umas as outras, pregando em cima das tábuas com pregos sem cabeça, ou no encaixe do macho na lateral da tábua. Na forma parafusada são feitos furos em cima das tábuas, e os parafusos colocados até a parte interna da tábua, com a cabeça sendo tampada com uma pequena peça de madeira.

Este tipo de instalação é utilizado em assoalhos, com excessão com assoalho de bambú, que é instalado na forma colado.

[Método de Instalação de Pisos de Madeira Pregado]

Colado

É usada cola para fixar a madeira diretamente no contrapiso ou outro piso já existente.

As peças de madeira são fixadas individualmente sobre o contrapiso ou outro piso já existente nivelado e impermeabilizado, com cola branca especial para pisos de madeira, ou cola PU (Poliuretando) isenta de água, seguindo um padrão de alinhamento. A quantidade de cola utilizada é em média de 1 kilograma para cada 1 metro quadrado de piso, e depois de colado, é preciso esperar um período de tempo em torno de 15 dias para adaptação e secagem da cola.

Este tipo de instalação é utilizado em listone, tacão, taco, parquet, lamparquet e assoalho de bambú.

O assoalho de bambú e o listone são instalados com as peças em sentido reto com encaixes macho-fêmea nas laterais e nas pontas. O tacão, taco e o lamparquet podem ser instalados com algumas variações de desenhos como espinha-de-peixe, dama, paralelo e diagonal. O parquet possui apenas uma forma de instalação no desenho dama devido a sua forma de fabricação em placas com um desenho único.

[Método de Instalação de Pisos de Madeira Colado]

Contrapiso

[Contrapiso de Concreto para Pisos de Madeira]

Como deve ser preparado o contrapiso

O contrapiso deve ser preparado de cimento e areia proporção de 3x1 (três de areia por um de cimento), com 5 centímetros de espessura, impermeabilizado, nivelado e livre de umidade. Sua base é feita a partir da camada de terra com uma camada de pedra brita, um lastro de concreto e uma manta asfáltica ou lona plástica para evitar infiltração de umidade. Deve secar por um período de 30 dias antes da instalação do piso de madeira.

Para piso térreo deve-se tomar muito cuidado para que não sofra infiltração de umidade, pois ele costuma formar rachaduras onde a umidade sobe afetando a madeira. Para isso é fundamental a utilização de uma manta asfáltica ou lona plástica entre o lastro de concreto acima da camada de pedra brita e o contrapiso. Não é necessário o uso da manta ou lona para pisos em lajes ou elevados.

Instruções para preparo do contrapiso

  1. A camada de pedra brita deve ser de 5 cm cobrindo a terra.

  2. Estender a lona plástica sobre a pedra até 5 cm na altura da parede.

  3. Preparar o contrapiso na proporção de 3 por 1 (Areia e Cimento).

  4. Fazer a massa bem forte.

  5. A espessura do contrapiso deverá ser de 5 cm.

  6. Deixar desempenado e queimado, passar com desempenadeira de aço.

  7. Deixar secar e curar por um período de 15 à 30 dias.

  8. Após este período pode-se fazer a instalação do Piso de Madeira.

[Preparo do Contrapiso para Pisos de Madeira]

Acabamento

[Acabamento final de Pisos de Madeira]

A etapa final

O Acabamento é uma cobertura superficial para proteger o piso do desgaste diário. É feito após o período de acomodação da madeira, com algumas etapas de lixamento até atingir um polimento desejável, e aplicação de verniz ou resina transparentes, resistentes a abrasão e elásticos para acompanhar as movimentações normais da madeira. Existem quatro opções para as resinas de acabamento: super-brilho, brilho, semi-brilho ou acetinado, e fosco.

Alguns tipos de pisos de madeira como assoalho de bambú, ecopiso e alguns tipos de listone já vem com acabamento de fábrica não necessitando de lixamento nem pintura após sua instalação.

Existe a possibilidade de restauração com o passar dos anos como novo lixamento e aplicação de verniz.

Etapas para um bom acabamento

  1. Lixamento
  2. Através de uma máquina apropriada é feita a raspagem e nivelamento com lixa grossa e depois mais duas raspagens com lixa mais fina para atingir o grau de polimento desejado.

  3. Calafetação
  4. Para corrigir possíveis falhas de colocação e frestas abertas durante a acomodação do piso, é colocado entre as rejuntas, uma massa feita do pó da própria madeira misturada com cola branca.

  5. Primeira demão
  6. A superfície é preparada aplicando verniz ou resina e depois é feito um lixamento com lixa bem fina para dar polimento.

  7. Segunda demão
  8. Com a superfície limpa novamente é aplicado o verniz ou resina e feito o lixamento para dar polimento.

  9. Demão final
  10. Esta é a última etapa onde é aplicado o verniz ou resina puros, buscando um resultado bem uniforme.

[Etapas para acabamento de Pisos de Madeira]

Proteção com papelão para pintura das paredes e tetos

[Proteção do Piso de Madeira para pintura das paredes e tetos]
[Proteção do Piso de Madeira para pintura das paredes e tetos]
[Rodapé para Acabamento de Pisos de Madeira]

Rodapé

Utilizado no encontro do piso com a parede

O rodapé é um acabamento utilizado nos cantos onde a madeira se encontra com a parede. Consiste de ripas de madeira, geralmente do mesmo tipo utilizado no piso, de 2 centímetros de espessura e 5, 7, 9 ou 14 centímetros de altura. Os comprimentos variam, e é comum fazer emendas. Ele é colocado após a instalação do piso e também é lixado e pintado.